maio 102022
 

Sobre o Miguel & Almas:

A Banda “Miguel & Almas” surgiu em 1985. O nome era um trocadilho com o nome de um cemitério em Porto Alegre – RS. Depois de um acidente ocorrido com o ‘FLU’ logo após um ensaio da Banda, decidiram mudar para ‘Miguel & Cia“.

A ‘Miguel‘ tinha como característica principal uma ‘releitura’ do som que já faziam alguns anos antes, tanto no Taranatiriça quanto no Urubu-Rei, essas alturas com bem mais experiência. Inicialmente eles fariam ‘som instrumental’ e depois decidiram convidar artistas para compor e cantar em suas trilhas.

Era uma ‘Banda de Estúdio‘, com melhor aproveitamento da tecnologia da época para registrar as músicas. A ‘Miguel‘ gravou ‘Me deixa em Paz‘, com Pedro Santos; ‘Pérolas na Vitrine‘, com Julio Reny; ‘Você não Pode Parar‘, com Plato Divorak e as mais populares: ‘Ferida‘, com Edu K (que depois entrou para o repertório da Banda DEFALLA) e ‘Primeiro Instante‘ com Jimi Joe (a primeira gravação em estúdio da canção).

A ‘Miguel & Cia‘ foi descontinuada, um pouco contra vontade dos integrantes: o Flávio Santos e o Castor Daudt teriam que se dedicar ao DEFALLA e o Rodrigo Correa também era guitarrista em outra Banda.

Me deixa em Paz‘ e ‘Primeiro Instante‘ foram bem executadas na Rádio Ipanema até início dos anos 90.

Na Coletânea GURU PSYCHOSYS 87-99, lançado pela KRAKATOA 1999, a ‘Miguel‘ abre o disco com a canção do Plato Divorak e a Banda fica novamente em evidência na mesma rádio.

A formação básica da Banda:
Rodrigo Correa – Guitarra (que faz um baita solo nesta faixa)
Flávio Flu Santos – Baixo
Castor Daudt – Bateria
(e Guitarra na ‘Primeiro Instante’)

 Leave a Reply

error: Este site é destinado à leitura, consulta, audição e visualização dos videos.