maio 101985
 

Flyer dos shows de New Wave e Punk Rock com Atahualpa, Urubu Rei e Os Replicantes, que aconteceu nos dias 10, 17 e 24 de maio de 1984.

O B-52 era um dos muitos nomes de uma casa noturna situada na Av. Independência, em Porto Alegre – RS. Nesta época dos anos 80 ela recebia varias bandas de rock.

Este flyer anunciava os shows do ciclo “Tcha Tcha Bum”, que também apresentou as bandas “Athaualpa y os Panques”, “Urubu Rei” e encerrou com Os Replicantes, sendo o ‘segundo’ no ‘roteiro oficial‘ da Banda daquele ano de seu lançamento (houveram outros informais). Momento significante para as três bandas envolvidas.


É possível afirmar que o evento intitulado ‘Tcha Tcha Bum’, ocorrido em 1984 na extinta boate B52’s, tenha sido um ‘marco de lançamento’ desta geração de bandas que queria fazer ‘alguma coisa diferente’ naquela Porto Alegre que consideravam ‘bem antiquada’. Inicialmente seriam três quintas de maio, com apresentações de Urubu-Rei, Replicantes e Atahualpa Y Us Panquis. No entanto, de última hora o Gordo Miranda – que havia concebido o projeto, não lembro agora se com mais alguém – considerou que era importante ter as bandas ‘Fluxo‘ e ‘Prisão de Ventre‘ em um show adicional, a fim de marcar o evento como um lançamento mesmo.

Como foi decidido às pressas, esse nomes não constam no flyer de divulgação do ‘Tcha Tcha Bum’. Foi também a única noite em que duas bandas dividiram o palco. De acordo com as demais datas indicadas no flyer, se deduz que ocorreu no dia 31 de maio. Nessa data pelo menos (nas outras eu não sei) a produção foi de Moah Souza.

Em seguida, no dia 14 de julho, as mesma bandas se apresentaram no que viria a ser o teatro da Terreira da Tribo, do grupo ‘Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz’ , ainda atuante na cena de Porto Alegre. O objetivo do show era arrecadar fundos para a construção do teatro, sediado por décadas na Rua José do Patrocínio, na Cidade Baixa. O bizarro é que o local era totalmente hippie, o que era a total antítese do que estávamos querendo fazer.

Por Marcelo Birck, em fevereiro de 2022


 

O espaço (o bar) com o tempo mudou o nome e o estilo.  [Veja aqui o outro flyer relacionado ao tema].

Os anos 80 se caracteriza na divulgação de eventos a base do ‘corpo-a-corpo’. Com fotocópias e tesouras, as figurinhas circulavam nas ruas de Porto Alegre. Já era uma tradição de outros movimentos musicais antecessores e nos anos 80 não foi diferente, pode ter sido mais intenso, em razão da tecnologia. Alguns ficaram guardados, como este da imagem acima, que faz parte do acervo de Samarone Silveira.

 Leave a Reply

error: Este site é destinado à leitura, consulta, audição e visualização dos videos.