dez 151984
 

Este recorte de texto é uma testemunho histórico e reconhecido ‘da imprensa’ ao mérito do trabalho desenvolvido pelo radialista Ricardo Barão e que gravação do disco representaria ‘um marco e um ‘registro no tempo‘. Um texto simples para os ‘fãs do Rock sulista’, que entendem como uma espécie de ‘divisor de épocas da cultura rock‘ e tudo o que aconteceria depois. A grafia correta é “garagem” e não “garage” como está no recorte.

O texto do recorte diz:

O Rock Gaúcho nunca viveu tempos tão bons como este ano. Além do amadurecimento de grupos mais velhos e o nascimento de grupos novos e bons, houve a nuclearização (opa) da história, através da multiplicação de gêneros e estilos. O disco Rock Garagem, idéia do Ricardo Barão torna realidade pela gravadora ACIT, é uma ótima prova disso, reunindo Taranatiriça, Fluxo, Urubu Rei, Frutos da Crise, Astaroth, Valhala, Moreirinha e Seus Suspiram Blues, Os Garotos da Rua, Os Replicantes e Leiaethan. Quer dizer: rock para todos os gostos. O show de lançamento foi ontem. E a gravação do disco representa um marco, porque a partir dele muita coisa poderá ser considerada já passado. Ele registra um tempo.

Fonte: Jornal ZERO HORA, no dia 15 de dezembro de 1984.

 

Grafia correta: (imagem via zh.rbsdirect.com.br)